Hashflare: a Melhor Mineradora de Bitcoins do Momento

A Hashflare se tornou referência em mineração de Bitcoin e outras moedas nos últimos 2 anos. Muito se deve ao fato de que a Genesis Mining esgotou todos os seus contratos para minerar Bitcoin e Ethereum. Muita gente não gosta de minerar através de Cloud Mining por causa do risco de sofrer um golpe. Já foi provado por muitos Youtubers e bloggers que a sua concorrente é segura. Mas será que a Hashflare é confiável? Ou é possível obter um ganho considerável?

Sim, é verdade que a Hashflare antes tinha contratos de mineração vitalícios (abertos – eram minerados até a mineração não dar mais lucro) e de um dia para o outro eles mudaram de ideia. A confiança de alguns de seus usuários foi abalada com isso.

Pode parecer revoltante para muitos mineradores tal atitude, mas a verdade é que a Hashflare tem um modelo de negócio muito mais sólido e transparente que a Genesis Mining. E estou falando só de fatos.

Para explicar rapidamente: muitos internautas questionam como a Genesis Mining consegue operar no lucro se os contratos são vitalícios, pois só existe pagamento uma única vez por parte do usuário. Para piorar a situação a GM não divulga quais pools de mineração eles focam suas máquinas.

Já a Hashflare fornece a opção para o minerador escolher em quais pools (equipes) de mineração deseja começar suas operações assim como também é mais transparente em outros aspectos. Escolher a melhor pool tem um reflexo direto nos seus ganhos na Hashflare.

ATENÇÃO: Esse post inteiro se baseia nos contratos de mineração de Bitcoin SHA-256 (algoritmo), que é o mais lucrativo para minerar BTC.

Hashflare x Genesis Mining

É quase impossível não comparar as duas empresas quando se fala em mineração na nuvem pois ambas são as mais conhecidas e as melhores do mundo – sem exageros.

A Genesis Mining apareceu antes no mercado e conquistou muitos clientes, antes mesmo da Hashflare. Oferecendo contratos vitalícios e um bom atendimento ao cliente, suas vendas decolaram e muitos investidores que compraram centenas de TH/s com a Genesis Mining fizeram muito dinheiro. Muito mesmo. Ainda mais no ano de 2017 que o Bitcoin chegou a valorizar cerca de 2000%. E os custos dos contratos eram fixos em dólar. Consegue imaginar a lucratividade?

Mas o inevitável aconteceu: A GM ficou sem contratos para vender pois a demanda era muito maior do que ela podia suprir. A última vez que aconteceu uma venda de novos contratos para minerar Bitcoin na nuvem através da Genesis Mining foi perto do final de 2017 e o processo de mineração começaria somente em março de 2018, ou seja, era uma pré venda. E não existia a opção de pedir reembolso. Com o preço do Bitcoin oscilando e a dificuldade de mineração muita gente optou por migrar para a Hashflare. E digamos que com razão.

A Hashflare tem um modelo de negócio bastante interessante. A Hashcoins (proprietária da Hashflare) é uma empresa fabricante de mineradoras de criptomoedas. Isso explica porque eles ainda tem contratos de mineração ainda à venda. Basicamente a mesma empresa que fabrica as mineradoras ASIC é a mesma que aluga elas para cloud mining. Genial.

Review Hashflare – vale a pena?

Estou aqui escrevendo esse post mostrando os números dos meus investimentos para que você não passe o trabalho que eu passei. Ou pelo menos se sinta mais seguro.

Não tire conclusões somente consultando o Reclame Aqui, você só irá encontrar usuários frustrados que na maioria dos casos fizeram um investimento sem saber o que estavam comprando. Li relatos de clientes que compraram 30 dólares do algoritmo errado (o certo é o SHA-256) e não conseguiram realizar o saque mínimo de 0.05 BTC (que pode baixar no futuro) em nenhum momento. Para contornar isso é só investir pelo menos U$ 1.100 para adquirir 5 TH/s que ao longo do ano irá gerar cerca de 0,2 BTC, quatro vezes o mínimo para retirar para a sua carteira. Ou um saque a cada 3 meses.

desempenho Hashflare
Clique para ampliar

A imagem acima faz parte do painel principal da Hashflare, é o local onde você acompanha o seu processo de mineração. Com 82.1 TH/s de poder de mineração consigo o equivalente a 490 reais por dia. Isso mesmo. Cerca de R$ 15.000,00 por mês. Levando em consideração que o Bitcoin vale R$ 52.000,00 na data de hoje.

Quando o Bitcoin chegou na casa dos R$ 70.000,00 no final de 2017 os meus ganhos diários na Hashflare chegava a cerca de R$ 700. Ou cerca de R$ 21.000 por mês. É um bom investimento certo?

Mas vamos analisar melhor os números: comprei esse poder de mineração em dezembro quando os contratos ainda valiam 150 dólares por TH/s. O total investido foi U$ 12.300,00 aproximadamente.

Com a dificuldade de mineração de dezembro de 2017 e o preço do Bitcoin em U$ 19.000, que foi o preço na época que comecei a minerar na Hashflare a minha projeção foi a seguinte:

Clique para ampliar

Como é possível analisar usando a projeção acima, meu investimento retornaria (break even) em apenas 65 dias. Embora meu contrato seja de apenas 1 ano, eu teria ainda 300 dias de pagamentos diários com um poder de mineração muito bom. No final de ano eu teria mais de 4 BTC em minha carteira, ou U$ 68.000 dólares (ou 220 mil reais). Nesse caso o ROI (retorno sobre o investimento) da Hashflare é de 458%!  Eu com uma experiência de mais de 10 anos como investidor nunca tinha visto algo assim. Incrível mesmo.

É importante observar que o ROI pode mudar diariamente pois depende dos seguintes fatores: dificuldade de mineração (que muda a cada 15 dias) e ovalor do Bitcoin. Também é importante levar em consideração o preço pago pelo contrato, que em Janeiro de 2018 já teve seus preços reajustado.

Pagamentos | Payouts | Retiradas

A Hashflare tem um sistema de retiradas muito bom, melhor que a Genesis Mining na minha opinião.

É só você ter o mínimo para sacar (que na data de hoje é 0.05 BTC) e apertar um botão e ZÁS, suas moedas estarão na sua carteira em minutos:

retiradas Hashflare
Registro das últimas retiradas

E para o meu alívio todos os pedidos de retiradas (withdrawals) foram realizados em minutos:

Valor um pouco diferente devido a taxa de mineração que no dia estava alta por conta do congestionamento da rede

Repare que o valor ali mostrado em BRL muda constantemente pois o preço do BTC tem essa característica.

Segundo payout.

Resumindo: a Hashflare paga seus usuários rigorosamente

Conforme analisamos acima a empresa cumpre o que promete. É natural o valor mínimo para saque alterar de forma frequente pois as taxas de transação estão com um valor muito alto no momento, mas tudo deve se normalizar dentro de algumas semanas.

O importante é que você terá suas moedas transferidas para a sua wallet.

Ainda vale a pena investir na Hashflare em 2018?

Sim. Ainda vale. Se você não tem pressa é possível fazer muito dinheiro e faremos aqui todos os cálculos juntos.

Os preços foram reajustados de 150 dólares por TH/s para 220 dólares. Um aumento de 46%.

Se o processo de mineração não sofresse alterações em sua dificuldade nem o preço do Bitcoin variasse ao final do ano seria possível ter o equivalente a U$ 12.657 ou R$41.185,00 (na data de hoje) na compra de 20 TH/s (poder de mineração). Mas na prática as coisas não acontecem assim, existem riscos e simplesmente não temos como prever o futuro com precisão.

No cálculo acima você teria um retorno de cerca de 187% com valores do dia 9 de janeiro de 2018. Lembrando que em 2017 o Bitcoin valia cerca de 1000 dólares no mesmo mês e fechou o ano valendo cerca de 20.000 dólares. A grosso modo poderíamos dizer que o ROI seria 20x maior pois os custos do contrato são fixos em dólar e quando o preço do Bitcoin sobe os mesmos se tornam mais lucrativos. Se acontecesse a mesma coisa em 2018 nos arriscaríamos a dizer que o ROI seria de cerca de 3.700%. Quem teve essa sorte ano passado embolsou mais de 160 mil reais investindo apenas 4.400 dólares. Um ganho espetacular.

Sei que parece desmotivador esse aumento de quase 50% nos preços dos contratos, mas vamos montar 3 cenários: um cenário ruim para os próximos 365 dias (duração do contrato), um cenário “normal” e um cenário otimista.

Em todos os exemplos o preço do Bitcoin começa em U$ 16.000,00

Cenário 1: Pessimista

Nesse cenário vamos simular um investimento de U$ 4400,00 ( ou 14 mil reais) para adquirir um poder de mineração de 20 TH/s e um acréscimo na dificuldade de mineração acima da média. Nos últimos 10 reajustes a média foi de + 6,74%. Nesse exemplo usaremos um reajuste de dificuldade de 10% e um acréscimo de apenas 5% no valor do Bitcoin por mês (lembrando que só em 2017 o BTC valorizou cerca de 20x).

Nesse exemplo pessimista você teria o retorno sobre o investimento em 4 meses e ao final do contrato você teria um lucro de U$ 9565.00. Ou aproximadamente R$ 31.000,00. Nada mal confrontando o preço da moeda frente a dificuldade em minerar a mesma.

Cenário 2: Normal

Nessa simulação vamos simular o mesmo valor investido acima ( 4400 dólares ou 14 mil reais). Mas a média do crescimento da dificuldade será de 6,74% e o preço do Bitcoin terá uma valorizada em média de 10% ao mês.

Nesse exemplo a lucratividade aumenta bastante. O retorno sobre o investimento acontece em 3 meses e 9 dias e a partir daí é só lucro. Ao final do contrato você teria acumulado o equivalente a U$ 23592 (ou cerca de 76,5 mil reais) em Bitcoin.

Cenário 3: Otimista

Nesse exemplo tentaremos simular um ano muito lucrativo, mas longe do que aconteceu em 2017. Usaremos a mesma média no acréscimo da dificuldade de mineração mas o preço do Bitcoin aumentará em média 25% ao mês.

Num cenário otimista quem investir 20 TH/s em mineração por aproximadamente 14 mil reais pode ter um lucro no final de 1 ano de U$ 125.394 ou incríveis 400 mil reais.

Imagina quem contratar mais de 100 TH/s nesse cenário.

Alguém aí falou em Lamborghini?

Como Adquirir Contratos

É bem fácil comprar contatos na Hashflare, é só seguir os seguintes passos:

1 – Acesse https://hashflare.io/ e faça seu cadastro.  Quando finalizar seu cadastro, no menu esquerdo da sua tela clique em SHA-256

2 – É possível também clicar no carrinho compras verde conforme foto abaixo:

3 – Feito isso é só escolher o quanto você quer investir e apertar no botão “seguir”. Recomendamos um mínimo de 5 TH/s, porém se você pensa em reinvestir ou sacar para sua carteira (wallet) de maneira esporádica seria ideal 20 TH/s ou mais.

4 – Recomendamos que você pague com cartão de crédito ou Bitcoins.

5 – Se o pagamento for realizado por cartão de crédito você não poderá sacar durante 2 semanas e precisará validar a compra pelo site da Hashflare. É um sistema de segurança parecido com o da Paypal. Na sua fatura irá vir algo como Hashflare_1234 US$ 2200. Os 4 números após “hashflare” é o código de verificação, copie e cole no site para confirmar a compra.

Conclusão

Apesar da excelente oportunidade de investimento, esse post não deve ser considerado um conselho financeiro, estamos somente criando cenários e projeções. Inclusive investidores desavisados podem perder dinheiro se investirem em algo que não tem conhecimento.

O ano 2017 foi muito bom para os investidores em criptomoedas e muitos milionários surgiram por causa dele.

Esperamos que 2018 seja um ano positivo para todos. Por isso acreditamos que a Hashflare seja a melhor mineradora na nuvem no mercado mundial atualmente para minerar Bitcoin (usando contratos SHA-256). E para quem ainda não entrou no mercado é uma excelente forma de começar a acumular Bitcoins e a preparar sua aposentadoria.

Acesse o site e comece a minerar hoje mesmo!